De volta!

Oi pessoal! Longo tempo sem postar! Nos últimos meses acabamos ficando extremamente ocupados na White Fox, graças à coincidência da finalização de um grande projeto de um dos nossos maiores clientes com a finalização e o lançamento de mais um produto com a marca White Fox. Felizmente tudo correu excepcionalmente bem, apesar de ter dado muito trabalho e ainda estarmos trabalhando em um ritmo acima do normal. E, felizmente ou infelizmente (depende do ponto de vista), tudo indica que o ritmo este não vai diminuir em curto prazo, já que estamos com algumas iniciativas em andamento que, se concretizadas, irão significar mais um grande esforço adicional.

O projeto cuja primeira entrega foi no final do ano passado, representa o resultado de quase um ano de trabalho. Nele, tivemos que desenvolver um novo mecanismo de comunicação com o Banco Central do Brasil (BACEN), baseado em troca de mensagens e em substituição a um antigo formato baseado em emulação de terminais (sim, isto ainda existe!). O projeto foi de âmbito nacional e envolveu todos os bancos e corretoras de câmbio do país. A segunda fase do projeto está em andamento neste primeiro semestre e deve consumir esforço até meados deste ano. Por ser uma área de infraestrutura (mensageria), fizemos praticamente tudo utilizando o Web Service Factory, da Microsoft, que facilitou enormemente a criação de mensagens e serviços. As mensagens do BACEN são artefatos XML, o que nos fez utilizar XSLT para a geração e transformação das mesmas. As nossas escolhas permitiram que tivéssemos um desenvolvimento rápido e uma grande facilidade de manutenção, o que foi crucial para finalizarmos tudo a tempo. Estamos mantendo estas escolhas para esta segunda fase e, graças a elas, estamos adiantados no nosso cronograma.

O segundo grande evento foi a finalização da plataforma da XChange. Este produto é um site de comércio eletrônico de Internet, destinado à venda de cartões pré-pagos VISA Travel Money (VTM) para quem viaja ao exterior a turismo ou trabalho, no qual tenho participação. A White Fox foi chamada a fazer um software que funcionasse com o site estático desenvolvido por uma agência de propaganda. O desafio foi criar mecanismos que permitissem trabalhar as áreas dinâmicas do site sem prejuízo para o layout e para as funcionalidades de navegação. Para atender a este objetivo, tivemos que fazer uma evolução significativa no nosso framework de interface. O resultado foi melhor do que esperávamos, e agora o nosso framework suporta a integração em qualquer layout HTML, com um mínimo de esforço.

O princípio que utilizamos foi uma evolução do funcionamento anterior da nossa engine MVC, que era gerar HTML através de transformações XSLT. Nesta nova versão, ao invés de gerar a página inteira, nós somente geramos trechos da página. Assim, podemos apontar um determinado <DIV> em um HTML e ele é substituído, em tempo de renderização, por um <DIV> de conteúdo dinâmico. Isto facilita a construção e a visualização de páginas, permitindo a “injeção” de trechos dinâmicos nos arquivos HTML provenientes das agências, praticamente sem modificações nos mesmos (nem mesmo os famigerados <% %> das engines tradicionais MVC). O resultado foi excepcional e graças a esta nova versão, somos capazes de gerar sistemas de maneira ainda mais rápida.

Espero voltar a escrever posts com uma regularidade mínima. No próximo, vou falar um pouco sobre os desafios que enfrentamos recentemente com desenvolvimento para alto desempenho, com paralelismo em SQL Server. Até a próxima!

, , , , , ,

  1. #1 por André Guadalupe em 24/04/2012 - 6:04 pm

    Parabéns Alexandre e toda sua equipe! Que tenham cada vez mais sucesso! Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: