Arquivo de julho \27\UTC 2009

Response.Flush()

Nestes últimos 2 dias eu perdi um tempo impressionante com algo que em tese deveria ter sido extremamente simples de fazer, tipo 5 minutos…  A idéia era fazer um página que iria rodar uma operação longa ir mostrando o andamento da operação, algo como “Passo 1 executado”, “Passo 2 executado” e assim por diante…

Como a regra de negócio estava pronta, achei que fosse trivial ir gerando as tags <p> e ir mostrando o andamento com flushs… Não poderia estar mais errado! Inicialmente tentei usar o HtmlWriter do Render pra ir fazendo os Writes intercalados com os Response.Flush() (fiz um teste com Sleep() pra simular o processamento). Mas não funcionou, ele mostrava a página só no final, com todos os passos de uma vez.

Aí comecei o processo conhecido de buscar no google alguma dica ou esperiência pra entender o que estava errado. Nem precisa falar que o help da MSDN era inútil, aliás copiei e colei o exemplo deles e mesmo comportamento. Comecei a ver que este é um problema para muitas pessoas, aparentemente em algumas situações o Response.Flush() simplesmente não funciona e um mesmo código que funciona para um (como o exemplo da MSDN) não funciona pra outros.

Claro que deve ter algo na página ou no ambiente que faz com que este probelma apareça. Gastei umas boas 4 horas tentando eliminar o que era, utilizando as dicas que achei de pessoas no google para tentar mapear o que era. Mas a questão é que parecia que vários tipos de problemas acabavam se sobrepondo, o principal sendo um próprio entendimento do que o Flush() deveria fazer. Na minha visão (e na visão de várias pessoas que eu vi), ele deveria simplesmente fazer com que o conteúdo gerado até ali fosse para o browser. Mas até sobre isto haviam dúvidas. E aí vinham várias receitas, pra ligar ou desligar buffer, pra fazer com código <% %> intercalado na página ou em determinado evendo em code-behind e até para fazer várias vezes em sequência o comando Flush() para que ele funcionasse! Nenhuma alternativa funcionou pra mim, fui dormir para tentar de novo no dia seguinte.

No dia seguinte, mais 2h. O tempo gasto nisto já estava absurdo e poderia até ter feito com javascript simples, mas vocês sabem, vira questão de honra!  Continuando as busca no google, achei um comentário dizendo que uma instrução específica, faria toda a diferença: Response.BufferOutput = false. E neste cenário, realmente funcionou, mas somente no código aspx direto! Já que neste caso estava funcionando, comecei a tentar isolar o que realmente causava o probelma. Mas não tive sucesso, qualquer pequena alteração fazia com que o código deixasse de funcionar. Desisti, o código final ficou desta forma:

—————————————————————————————————————–

<!DOCTYPE html PUBLIC “-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN”  “http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-transitional.dtd”><html  >
<head><title>Correçao de Pesquisa</title></head>
<body style=”font-family: Calibri, Tahoma, Arial”>
<p>Correção em Progresso. Aguarde por favor….</p>
<%  Response.Buffer = false;
Response.BufferOutput = false;
for (var i = 0; i < 10; i++) {
%><span>teste</span><br /><%
Response.Flush();
System.Threading.Thread.Sleep(1000);
} %>
</body>
</html>
—————————————————————————————————————–
Impressionante que este código não funciona se for colocado no evento Load ou Render da página. De fato deve ter alguma coisa no ambiente que impede isto, mas tive que dar um basta no tempo perdido para este problema. Ah, mais um ponto interessante, a tag SPAN funciona melhor do que a tag P – que mesmo com o código funcionando dá uma impressão de agrupamento ao ser mostrado no browser.

Enfim, é impressionante como perdemos tempo com coisas triviais. Esta do Response.Flush é mais um exemplo. Fazer software é muito bom, mas este tipo de coisa não é muito!

, , , ,

3 Comentários

Olá!

Bom, depois de vários anos de resistência finalmente resolvi iniciar um blog. Não que eu não goste de escrever, justamente ao contrário, mas sempre pensei que não teria muito a contribuir às centenas de milhares de blogs já existentes…. E não acho que fazer algo repetindo o que já existe é uma tarefa que justifique que pessoas percam tempo lendo o que eu escrevo!.

Mas ultimamente eu tenho achado que tenho a contribuir em alguns aspectos. Na parte técnica (para os que não me conhecem, sou arquiteto de software;  desenvolver sistemas é o que mais gosto de fazer… minha plataforma atual é .NET 3.5), eu estou pensando em colocar aqui coisas que são interessantes ou receitas para evitar que outros percam tempo com algo que eu tive que perder – e como todos da área sabem, isto é extremamente comum e frustante!

Este não é um blog pessoal (até porque não acho que valha a pena deixar tão publico aspectos pessoais de nossas vidas! rsrs), porém às vezes eu vou colocar aqui itens que eu achei interessantes e que merecem ser compartilhados, mas não se preocupem: sem ctrl-c ctrl-v!

Espero contribuir de alguma forma e quem quiser entrar em contato comigo, basta me mandar um email.

Deixe um comentário